Por: Klever Kolberg ligado: agosto 17, 2010 Em: Rally dos Sertões Comentários: 0

Suporte da bobina e pneu foram os grandes inimigos na etapa desta terça-feira (17)

Ao deixarem o Estado do Tocantins rumo ao Maranhão, no segundo dia da etapa Maratona, que começou no deslocamento entre Palmas (TO) e São Félix do Tocantins (TO), o 18º Rally Internacional dos Sertões sofreu uma alteração na especial desta terça-feira. Devido às más condições na estrada e à impossibilidade de se percorrer um caminho alternativo, que acarretaria em um acréscimo de 300 quilômetros, o trecho cronometrado foi encurtado de 485 para 222 km, para segurança dos competidores. A equipe Valtra Dakar Eco Team teve um dia complicado, com dois problemas no carro que lhes atrasaram durante a disputa da sétima etapa. Quando tentavam recuperar o tempo perdido, a organização encerrou a especial. Com isso, a dupla Klever Kolberg e Flavio França acabou na 11ª colocação na especial e agora ocupa o segundo lugar no acumulado de tempos.

Vatra Dakar Eco Team chega ao Maranhão (Foto: Marcelo Maragni/www.webventure.com.br)

O forte calor do cerrado e o piso de areia dificultaram a prova para pilotos e navegadores. A região do Jalapão, em Tocantins, mais uma vez castigou a todos, já que os competidores ainda tiveram de percorrer toda distância até Balsas (MA). Foram quase oito horas dentro dos veículos.

“Foi nossa pior etapa. Largamos bem, mas no quilômetro 40 o suporte das bobinas quebrou. Com isso, elas ficaram penduradas pelos cabos, causando mau contato e uma perda de potência considerável”, relatou Kolberg.

A solução foi improvisar o conserto com uma cinta de nylon para tentar voltar para a competição. Porém, mais adiante a dupla teve um pneu furado e, novamente, a perda de tempo para substituí-lo foi grande.

“Saímos de novo em busca do tempo perdido e próximo do quilômetro 220 nos deparamos com a organização sinalizando o fim da especial. Foi uma pena porque acredito que teríamos chances de melhorar a posição. Agora, estamos em segundo no geral, mas mais próximos do terceiro colocado do que do líder”, avaliou o piloto do Valtra Dakar Eco Team.

A organização comunicou que após três levantamentos previamente realizados, além da conferência de roteiro, a especial apresentada aos competidores, entre São Félix do Tocantins (TO) e Balsas (MA), apresentava 485 quilômetros. Entretanto, por conta das condições ruins apresentadas na estrada, uma das quatro equipes de apoio do Rally dos Sertões, composta por seis carros e 26 pessoas, não conseguiu contornar uma das serras do percurso. Para um caminho alternativo, seria necessário percorrer 300 km a mais e o tempo não seria suficiente para realizar a cobertura do trecho. Prezando pela segurança dos competidores, a organização da prova optou por encurtar a especial, que foi encerrada no quilômetro 222.

Klever e Flavio mantiveram viva as chances do título (Foto: Theo Ribeiro/www.webventure.com.br)

A dupla Kolberg/França,, que compete com um Protótipo Etanol, batizado de Próton, sabe que a partir de agora terá de andar muito rápido e contar com a sorte para tentar uma vitória na prova. O antepenúltimo dia de rali será a entrada do Sertões no Estado do Piauí, deixando para trás o Maranhão. Os competidores irão para mais uma etapa bastante longa, com extensão total de 653 km, sendo 183 deles cronometrados.
“As grandes dificuldades já ficaram para trás. Nesta parte final do Sertões o piso volta a ficar mais duro, com cascalho, mas sem quebradeira. O dia é longo e teremos o mais extenso deslocamento de toda a prova. O calor irá fazer com que a etapa seja desgastante para competidores e equipes de apoio. Segundo a organização, a especial começa com trechos de pedras e trilhas estreitas. Depois, se torna um pouco mais larga e rápida, com algumas travessias de rios e pontes, até voltar para o trecho de serra. Vamos atravessar duas regiões montanhosas. O deslocamento final terá uma refrescante travessia de balsa”, finalizou Klever.

8º dia (18/08 quarta-feira) – Balsas (MA) – Teresina (PI)
DESLOCAMENTO INICIAL: 178,00 km
ESPECIAL CONTRA O RELÓGIO: 183,00 km
DESLOCAMENTO FINAL: 292,00 km
Total – 653,00 km

Confira o resultado extra-oficial da especial São Felix do Tocantins (TO) – Balsas (MA):

1º) Guilherme Spinelli /Youssef Haddad – (Mitsubishi Triton SR) 02h13min08s0
2º) Cristian Baumgart/Beco Andreotti (Mitsubishi L200 Triton ) – 02h13min10s0
3º) Marlon Koerich/ Deco Muniz (Sherpa V2) – 02h13min50s0
4º) João Antonio Franciosi/ Rafael Capoani – (Sherpa V2) 02h13min58s0
5º) Paulo Nobre (Palmeirinha)/Luiz Carlos Palu (BMW X3) – 02h14min20s0
6º) Marcos Baumgart/Kleber Cincea – (Mitsubishi L200 Triton) 02h18min10s0
7º) Riamburgo Ximenes /Stanger Welerson Eler – (Mitsubishi Evo Pron) 02h20min37s0
8º) Paulo Bertolini/ Anderson Bertolini – (Mitsubishi L200 RS) 02h21min16s0
9º) Luiz Facco/Silvio Deusdara – (Mitsubishi L200 RS) 02h24min53s0
10º) Hugo Rodrigues/ Kaique Bentivoglio – (Mitsubishi L200 RS) 02h31min14s0
11º) Klever Kolberg/ Flavio Marinho de França – (Mitsubishi Proton) 02h32min18s0

Confira o acumulado geral dos carros – extra-oficial:
1º) Guilherme Spinelli /Youssef Haddad – (Mitsubishi) 18h26min05s8
2º) Klever Kolberg/Flavio Marinho de França – (Mitsubishi) 18h43min12s4
3º) Riamburgo Ximenes /Stanger Welerson Eler – (Mitsubishi) 18h49min52s4
4º) Marcos Baumgart/Kleber Cincea – (Mitsubishi) 18h54min48s7
5º) Luiz Facco/Silvio Deusdara – (Mitsubishi) 19h14min40s7
6º) Paulo Nobre (Palmeirinha)/Luiz Carlos Palu (BMW) – 19h24min37s9
7º) Cristian Baumgart/Beco Andreotti – (Mitsubishi) 19h36min23s9
8º) João Antonio Franciosi/ Rafael Capoani – (Sherpa) 19h47min14s6
9º) Sven Fischer/ João Luiz Stal – (Mitsubishi) 20h37min27s1
10º) Paulo Bertolini/ Anderson Bertolini – (Mitsubishi L200 RS) 20h48min43s8

O Valtra Dakar Eco Team é patrocinado por Valtra, BASF, Cosan e Mobil Super Flex, e apoiado por Artfix, Sparco, Arycom, TRC Telecom / Motorola e Unica.

No Rally dos Sertões o carro da Valtra Dakar Eco Team será um Protótipo Etanol by ProMacchina motor V6 Flex. O carro foi preparado pela Promacchina, que também fará todo o apoio durante a competição.

Acesse o site da equipe: www.parisdakar.com.br

Siga a equipe o Valtra Dakar Eco Team Twitter: www.twitter.com/RallyDakar

Trackback URL: http://www.palestramotivacional.com/apesar-dos-problemas-kolbergfranca-mantem-a-vice-lideranca/trackback/

Deixe um Comentário:

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *