Por: Klever Kolberg ligado: agosto 12, 2011 Em: Rally Dakar Comentários: 0

Klever Kolberg e Flavio França - Equipe Valtra Dakar Eco Team - Foto: Renato Cukier/ Fotoarena

Nos 40 quilômetros finais da especial que partiu de Porangatu (GO), Klever Kolberg enfrentaram três problemas distintos no Protom, o que lhes custou cerca de 15 minutos no tempo total da terceira etapa.

3ª etapa – 12/08:
Porangatu (GO) a Gurupi (TO)
Deslocamento inicial: 66 km
Trecho especial: 285 km
Deslocamento final: 104 km
Total do dia: 455 km

“Estávamos inspirados hoje. O carro estava ótimo, estávamos em um ritmo muito bom – e que ainda dava para forçar mais, se necessário. Mas aí…”. As reticências e a feição de lamentação resumiram bem o que foi o terceiro dia para Klever Kolberg e Flávio Marinho de França, piloto e navegador do Valtra Dakar Eco Team. Foram 240 quilômetros de otimismo e que, nas contas da dupla, poderiam tê-la colocado entre os três primeiros no resultado da etapa do Rally dos Sertões, entre Porangatu (GO) e Gurupi (TO), e também no acumulado dos tempos das três especiais disputadas até agora.

A 45 quilômetros da chegada, o Protom Etanol by ProMacchina teve um problema mecânico e ficou sem a embreagem. “Como o nosso câmbio é normal, em ‘H’, eu mantive em terceira marcha, e por si só este problema já nos tirou algum tempo”, apontou Klever. Não bastasse isso, o carro teve um pneu furado após um impacto contra uma pedra. “Paramos e fizemos a troca. Quando voltamos ao carro, ele não pegava. Não ligava de jeito nenhum. Aí você imagina fazer o carro funcionar já sem a embreagem”, contou Flávio França.

“Conseguimos fazer um piloto de moto parar e nos ajudar a empurrar o carro, porque estávamos parados em um trecho de areia pesada. Fazer o carro pegar no tranco ali não foi nada fácil, e eu gostaria depois de saber quem foi o piloto que nos ajudou, para agradecê-lo pessoalmente depois. Esse é o espírito do rali”, resumiu Kolberg.

Foram cerca de 15 minutos parados entre fazer a troca e voltar à pista com o carro em funcionamento, segundo as contas de França. Na especial de 285 quilômetros, o mais rápido foi o BMW de Paulo Nobre (Palmeirinha) e Felipe Palmeiro, com 4h07min36s. Klever e Flávio completaram a etapa em 4h29min09s, no sétimo lugar.

No geral acumulado, a dupla do Valtra Dakar Eco Team permanece na quarta colocação, a 4min32seg de Reinaldo Varela e Eduardo Bampi. As duplas disputam também a liderança na categoria Protótipos Etanol.

“Bom, espero termos encerrado a cota de problemas, porque três de uma vez em apenas um dia de Sertões é uma overdose”, afirma Klever. “Esperamos ter melhor sorte daqui para frente com uma especial limpa e livre de contratempos”, concluiu.

Confira o resultado extra-oficial da terceira etapa:
1- Paulo Nobre/Felipe Palmeiro – 4h07min36s
2- Guilherme Spinelli/Yousseff Haddad – 4h10min56s
3- João Franciosi/Rafael Capoani – 4h20min01s
4- Cristian Baumgart/Beco Andreotti – 4h21min58s
5- Marcos Baumgart/Kleber Cincea – 4h23min28s
6- Maurício Bortolanza/Gustavo Bortolanza – 4h25min34s
7- Klever Kolberg/Flávio Marinho de França – 4h29min09s
8- Ubiratan Franciosi/Marcos Macedo – 4h32min04s
9- Reinaldo Varela/Eduardo Bampi – 4h39min41s
10- Anderson Guimarães/Lourival Roldan – 4h40min08s

Acumulado após três etapas (os cinco primeiros):
1- Guilherme Spinelli/Yousseff Haddad – 9h33min40s
2- Cristian Baumgart/Beco Andreotti – 9h53min54s
3- Reinaldo Varela/Eduardo Bampi – 10h03min31s
4- Klever Kolberg/Flávio Marinho de França – 10h08min03s
5- Marcos Baumgart/Kleber Cincea – 10h10min33s

Roteiro da 4ª etapa – 13/08:
Gurupi (TO) a Porto Nacional (TO)
Deslocamento inicial: 15 km
Trecho especial: 142 km
Deslocamento final: 49 km
Total do dia: 206 km

O Valtra Dakar Eco Team é patrocinado pela Valtra, e apoiado por Borrachas Vipal, Banco Fator, Veolia Water, Artfix, Sparco, Dakar Inovação, Arycom e Unica.

Trackback URL: http://www.palestramotivacional.com/sertoes-valtra-dakar-eco-team-tem-dia-de-superacao-na-chegada-a-gurupi-to/trackback/

Deixe um Comentário:

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *