Por: Klever Kolberg ligado: agosto 10, 2010 Em: Rally dos Sertões Comentários: 0

De admirador do trabalho de Klever Kolberg, Flávio França disputa o Rally dos Sertões 2010 ao lado do piloto do Valtra Dakar Eco Team

Flavinho se diz encantado com oportunidade de navegar para Klever Kolberg - crédito: Marcelo Maragni/Foto Arena

Um dos pioneiros brasileiros no Rally Dakar, Klever Kolberg retorna após três anos de ausência ao Rally Internacional dos Sertões, e neste retorno às competições nacionais irá competir com um Protótipo Etanol, seguindo tendência sustentável por ele mesmo inaugurada durante a edição deste ano do Dakar, em que foi o primeiro piloto da história a competir usando um motor movido pelo combustível da cana de açúcar brasileira.

Para esta edição que marca a maioridade da segunda maior prova off-road do mundo, Klever terá um carro totalmente novo, projetado e desenvolvido pela ProMacchina. Mas as novidades não param por aí. Após a parceria com o engenheiro Giovani Godói no Dakar, Kolberg convidou o potiguar Flavio Marinho de França, que já tem experiência no Sertões, tendo estreado na competição em 2003. Flavio França traz títulos em seu currículo, fruto das parcerias com Paulo Budo e também com Riamburgo Ximenes.

Será o primeiro rali em que França e Kolberg competem formando dupla - crédito: Marcelo Maragni/Foto Arena

“Estou competindo desde 2003 no Sertões, e ao lado de muita gente experiente. Mas agora vou correr com uma pessoa que sempre tive como um ídolo. Nem conseguia chegar perto dele para conversar, quanto mais sonhar que iria ser seu navegador”, empolgou-se França, que é cirurgião dentista. “Agora minha expectativa é fazer um grande trabalho, afinal vou estar navegando para um dos grandes nomes do esporte a motor brasileiro”, continuou o potiguar.

Na ocasião do convite, feito pelo próprio Klever, Flavio contou que chegou a achar que era alguém lhe passando um trote quando recebeu a ligação. “Demorei muito a acreditar e confesso que me irritei achando ser uma brincadeira de mau gosto”, relembrou. “Mas quando percebi que era verdade, fiquei extremamente feliz ao descobrir que eu seria realmente o navegador do piloto que acompanhava desde os tempos em que o ele ainda corria de moto no Dakar”, empolgou-se.

A opção de Kolberg por seu novo navegador se deu pela experiência de Flávio. “Eu procurava um navegador que já tivesse experiência, porque não haveria tempo hábil para eu ensinar alguém, ainda mais em um rali tão difícil como o Sertões. E o Flavinho já tinha trabalhado com gente que eu conheço, então foi fácil iniciar o trabalho com alguém que teve tão boas indicações. Isso me deu tranqüilidade para o escolher como meu navegador”, afirmou Klever, que ainda brincou: “De quebra, ainda consegui um dentista”, diverte-se.

“O Flavinho é um excelente navegador e sabe muito bem as dificuldades que nos esperam, tanto que já conquistou duas vezes o Sertões. Ele, assim como eu, começou correndo de moto e sei que terei um grande aliado nesta empreitada”, resumiu Kolberg.

O Rally Internacional dos Sertões se inicia na próxima terça-feira (10), em Goiânia (GO), com 4.486 quilômetros e depois de cruzar os Estados de Goiás, Minas Gerais, Tocantins, Piauí e Maranhão, chegará no dia 21 de agosto às areias de Fortaleza (CE).

O Valtra Dakar Eco Team é patrocinado por Valtra, BASF, Cosan e Mobil Super Flex, e apoiado por Artfix, Sparco, Arycom, TRC Telecom / Motorola e Unica.

No Rally dos Sertões o carro da Valtra Dakar Eco Team será um Protótipo Etanol by ProMacchina motor V6 Flex. O carro foi preparado pela Promacchina, que também fará todo o apoio durante a competição.

Para acompanhar o Valtra Dakar Eco Team acesse o site www.parisdakar.com.br e siga a equipe no Twitter: www.twitter.com/RallyDakar

Trackback URL: http://www.palestramotivacional.com/o-fa-que-virou-navegador/trackback/

Deixe um Comentário:

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *