Por: Klever Kolberg ligado: julho 30, 2013 Em: Jobs, Rally dos Sertões Comentários: 0

Ser um dos mais rápidos tem o seu lado ruim, como comprovaram Klever Kolberg e Flávio França na especial desta terça-feira do Rally dos Sertões, entre as cidades Natividade e Palmas, no Tocantins.

Klever Kolberg e Flavio França - T Rex Mobil MEM Motorsport (Divulgação - RicardoLeizer/Webventure)

Na especial de 355 km, a mais rápida de toda a competição, a dupla do Protótipo T-Rex movido a diesel de cana-de-açúcar da equipe Mobil MEM Motorsports vinha bem até rodar e o carro morrer pouco depois da metade do percurso. Por serem os melhores de sua categoria e um dos melhores da classificação geral, Kolberg e França foram obrigados a esperar quase 30 minutos pela ajuda de um de seus companheiros, Jorley Amaral Jr., o único que se prontificou a ajudar a ligar e liberar o equipamento.

Por conta deste incidente, Kolberg/França perderam a vice-liderança na geral e a ponta na tabela da T1 para João Franciosi e Rafael Capoani, mas a desvantagem é de apenas vinte segundos. “Estávamos indo bem rápido hoje e pouco antes do km 200 da especial acabei rodando com o carro e o motor apagou. Como o motor fica muito quente, o motor de arranque não consegue funcionar normalmente e tentei fazer pegar no tranco de ré, mas aí o carro enroscou em um barranco”, relata.

“Demorou uns dez minutos até que passasse o primeiro carro que estava atrás de nós. Ficamos pouco mais de 20 minutos tentando tirar o carro, até que o Jorley (Amaral Junior, do carro 231 da Mobil MEM Motorsports) parou para nos ajudar a fazer o T-Rex pegar. Depois disso viemos no mesmo ritmo de antes. Já começamos a preparação para amanhã com uma revisão completa no carro e a troca de algumas peças”, continua o piloto da Mobil MEM Motorsports.

Agora, Klever e Flavio se preparam para um dos grandes desafios de suas participações no Sertões: a maior especial do evento, uma das mais extensas da história, com 514 km de trechos cronometrados e 746 km no total, ao redor de Palmas. “Piloto e navegador também ‘fazem revisão’ hoje, começando a se hidratar desde já porque amanhã vamos ter uma pedreira e tanto pela frente”, completa.

Confira o resultado acumulado parcial do Rally dos Sertões:

1. Stephane Peterhansel/Jean-Paul Cottret, 14h28min31s
2. João Franciosi/Rafael Capoani, 15h55min46s
3. Klever Kolberg/Flavio França, 15h56min06s
4. Guilherme Spinelli/Youssef Haddad, 16h00min08s
5. Marcos Cassol/Luis Felipe Eckel, 16h13min39s
6. Glauber Fontoura/Minae Miyauti, 16h47min31s
7. Jorley Jr./Maykel Justo, 16h48min01s
8. Mauro Guedes/Neurivan Calado, 16h56min18s
9. Rafael Cassol/Lelio Carneiro Jr., 16h57min05s
10. Romeu Franciosi/Rogerio Almeida, 17h29min26s

Na realização do projeto do carro com diesel de cana-de-açúcar, Klever e a equipe contam com o apoio da Mobil, Amyris Brasil, Dakar – Inovação e Empreendedorismo, Artfix, Sparco, MWM, Borg Warner e Unica.

Trackback URL: http://www.palestramotivacional.com/sertoes-motor-morre-e-kolbergfranca-perde-lideranca-por-20s/trackback/

Deixe um Comentário:

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *